Fairchild Orphanage
Bem-vindo(a) ao Fairchild Orphanage!
Inscreve-te e diverte-te porque aqui vais ter muita diversão e bastante drama, tudo o que se quer!
Não te esqueças que todos os teus passos vão ser seguidos ao pormenor pelas gémeas Elaine e Emily portanto, que a diversão comece!
Últimos assuntos
» Vagão Abandonado
Sab Jan 24, 2015 1:27 am por Luke Way

» Jardim
Ter Jul 29, 2014 11:04 pm por Alexis Jameson

» Piscina
Seg Jun 23, 2014 8:30 pm por Emily Moore

» Ruas
Sab Jun 14, 2014 11:16 pm por Eleanor Spencer

» Chloe's House
Sex Jun 13, 2014 8:33 pm por Chloe Grayson

» Jardim Principal
Sab Jun 07, 2014 1:19 pm por Elaine Moore

» Burger King
Sab Jun 07, 2014 1:11 pm por Brian Nyman

» Bar - Pequenos-almoços e Lanches
Qua Jun 04, 2014 8:34 pm por Simon Davies

» Entrada do Orfanato
Sab Maio 17, 2014 8:06 pm por Simon Davies

Parceria
Para fazeres parceria com o nosso fórum preenche aqui
Código:
<a href="http://fairchildorphanage.forumeiros.com.pt///" target="_blank"><img src="http://c3.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/o7101a9d6/15733010_nYvtm.png" border="0"></a>

Vagão Abandonado

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Vagão Abandonado

Mensagem por Emily Moore em Sex Set 20, 2013 5:22 pm



Vagão Abandonado



credits to @AvaEditions
avatar
Emily Moore
Twins
Twins

Mensagens : 542
Pontos : 1166
Data de inscrição : 17/09/2013

Ficha do personagem
Idade: 18 anos
Estado Cívil: Solteiro
Profissão: Cusca por enquanto

Ver perfil do usuário http://avaeditions.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Luke Way em Sab Jun 14, 2014 11:34 pm

Levei-a até ao outro lado da rua, para lá do orfanato, uma zona também não muito segura, mas onde tinha a certeza onde ninguém nos faria mal. Eu ia para ali muitas vezes e já toda a gente me conhecia. Para eles também me chamava Lucas, para todas as pessoas da rua eu dava esse nome, afinal, era o meu verdade, apenas no orfanato é que me chamavam pelo diminutivo. - Eu sei que este sítio não é o mais romântico, mas podemos estar à vontade e o céu é limpo - apontei para o céu sorrindo quando vi que estava lua cheia -tenho um vagão com coisas minhas, poucas, às vezes a polícia aparece.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Eleanor Spencer em Sab Jun 14, 2014 11:56 pm

Mantive-me muito encostada a Lucas, por ser a única forma de me sentir segura, e pouco depois de termos atravessado uma rua, suficientemente afastada do orfanato e da outra rua de onde viéramos, eu desviei o olhar para ele, uma vez que falava comigo.
- Eu não me importo que não seja romântico.- encolhi os ombros. Eu não acreditava em contos de fadas, nem era das pessoas mais lamechas que se podia conhecer, contentava-me com pouco, desde que fosse verdadeiro.- eu só quero mesmo estar contigo.- murmurei, subindo o olhar para o céu enquanto o ouvia falar do seu vagão.- achas que corremos o risco de eles aparecerem lá? Ou estamos seguros?
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Luke Way em Dom Jun 15, 2014 12:07 am

Eu nem sabia bem porque é que tinha dito aquilo. Eu não era romântico. Fiz uma careta abanando de seguida a cabeça e segui até ao meu vagão rindo-me da sua pergunta - não, eu tenho uma amigo polícia - fiz uma pausa dramática - o que parece bastante estúpido mas é verdade e ele diz-nos quando os colegas querem passar por aqui. - abri a porta enferrujada do meu vagão e acendi a luz, apenas para ver onde estavam as coisas, porque ainda não ia deixar que ela me visse. Continuei apenas bem tapado e arrumei uma espécie de cama, que era para onde fugia quando estava de mal com o mundo. - mesmo que venham, não gostas de adrenalina? - perguntei com um sorriso, apesar de estar de costas para ele.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Eleanor Spencer em Qua Jun 25, 2014 7:52 pm

Assim que entrámos no seu vagão e a luz se acendeu, não resisti à curiosidade de olhar em volta. Ainda que aquele não fosse um sítio propriamente cómodo para se viver, atrever-me-ia a dizer que chegava mesmo a ser acolhedor.
- Pareço-te uma pessoa que não gosta de adrenalina? - gargalhei, assim que ouvi a sua pergunta.- caso não te lembres, eu fujo todos os dias do orfanato só para vir ter contigo.- fiz um arzinho convencido, apesar de ele não conseguir ver, por estar de costas para mim e aproximei-me dele, até me agarrar à parte de trás do seu casaco.- se vais passar a noite toda virado de costas para mim, prefiro que desligues a luz.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Luke Way em Qua Jun 25, 2014 8:49 pm

-Então não te preocupes, o máximo que te pode acontecer é ires parar ao orfanato com um castigo qualquer - não ia ser a primeira vez que isso me acontecia, mas desta vez ia evitar mesmo, visto que Ellie não sabia quem eu era. Senti um aperto no coração quando ela se abraçou a mim por trás, por momentos tinha pensado que ela me ia puxar o carapuço. Mordi o lábio inferior, sorrindo por não esquecer a sua promessa e estiquei-me até ao interruptor para o desligar.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Eleanor Spencer em Qua Jun 25, 2014 10:13 pm

- Não seria a primeira vez.- gargalhei, lembrando-me dos castigos que tinha recebido nos primeiros meses, quando todas as noites tentava fugir com a minha irmã. Eu nunca quisera estar ali mas, com o passar do tempo, fui-me apercebendo de que era melhor estar num sítio do qual não gostava do que sujeitar a minha irmã a viver na rua. Deixei-me estar abraçada ao corpo de Lucas, sentindo-o contrair-se durante breves segundos, mas logo relaxou, ao perceber que eu estava apenas a abraçá-lo.- confia em mim.- sussurrei, ao mesmo tempo que as luzes se apagaram.- eu prometi-te.- completei, fazendo-o virar-se para mim e uma vez que não estávamos totalmente às escuras, ainda conseguir chegar até aos seus lábios.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Luke Way em Qua Jun 25, 2014 10:28 pm

Sorri ao ouvir a sua resposta. A verdade é que nunca tinha dado por ela até àquele dia em que esperava nos baloiços e a sua irmã veio ter comigo. Olhei para trás, ouvindo a sua voz e abracei-lhe a cintura mal vi que estava à minha frente. Desta vez dava para ver-lhe as sombras da cara, devido à luz da lua que vinha de uma das janelas. Baixei-me ligeiramente ao sentir os seus lábios nos meus e encostei-a a mim, beijando-a de novo de uma forma intensa.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Eleanor Spencer em Sex Jun 27, 2014 7:53 pm

Se havia uma coisa da qual eu não me arrependia, era de ter saído do orfanato naquele noite em que o conhecera. Podia ter sido tudo muito estranho ao início, visto que nem sabia com quem falava, mas agora, eu sabia que não precisava de lhe ver a cara para o conhecer. Ainda que isso me deixasse curiosa. Ele fazia-me sentir bem e eu sabia que era com ele que eu queria estar. Afastei-me meros milímetros, apenas para que se pudesse virar de frente para mim e, assim que o fez, voltei a abraçar-lhe a cintura, colocando-me em biquinhos dos pés até lhe conseguir chegar aos lábios. Sorri contra os mesmos, assim que o senti começar a corresponder ao beijo e à medida que este se foi intensificando, as minhas mãos foram subindo até ao seu cabelo, para o acariciar enquanto o beijava.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Luke Way em Sex Jun 27, 2014 8:47 pm

Deixei que o que costumava tapar parte da minha cara caísse para trás quando as suas mãos vieram parar ao meu cabelo e continuei a beija-la encostando-a à parede, mas acabei por deixa-la deitar-se na cama improvisada que lá havia a um canto. Tinha passado ali demasiado tempo para dormir no chão - qual é a sensação de beijar alguém que não conheces? - perguntei baixinho. Deitados, ficava tão escuro que eu só conseguia ver o brilho dos seus olhos e alguns dos seus traços, por isso não me preocupei muito se ela me reconhecia ou não.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Eleanor Spencer em Sex Jun 27, 2014 8:58 pm

Abri ligeiramente os olhos, mal senti o seu capuz cair-lhe da cabeça, mas também não me preocupei em olhar para a sua cara, até porque não dava, limitando-me apenas a aproveitar o facto de lhe poder tocar por completo no cabelo. Gostava dele, era grande o suficiente para lho poder agarrar como deve de ser. Deixei o meu corpo cair sob a cama que ele lá tinha, puxando-o para que viesse para ao pé de mim e mal ouvi a sua pergunta, soltei uma leve gargalhada.
- É estranho.- confessei.- mas excitante ao mesmo tempo.- ri-me.- porque mesmo não te conhecendo, eu tenho uma enorme vontade de te beijar.- e naquele momento eu agradeci imenso que estivesse escuro, visto que senti as minhas bochechas aquecerem.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Luke Way em Sex Jun 27, 2014 10:30 pm

Afastei-me o suficiente para ela conseguir falar, mas não tanto para conseguir roçar os meus lábios pelo seu maxilar. Não queria abusar, porque sinceramente não sabia o que é que ela queria ou não fazer, mas era inevitável. Sorri com a sua resposta, especialmente depois de dizer que tinha uma enorme vontade de me beijar - então beija-me - murmurei num tom quase inaudível. Passei as mãos pela sua cintura, não descendo muito mais dali e voltei a aproximar-me para a beijar.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Eleanor Spencer em Qui Ago 28, 2014 2:36 pm

Se já era difícil falar, devido à vontade que tinha de ocupar os meus lábios com os seus, mais difícil se tornou ainda ao sentir os seus lábios pelo meu maxilar. Como é que era possível que eu sentisse tamanha vontade de o beijar, sem praticamente o conhecer? Eu não era normal, mesmo nada. E o pior de tudo era que não estava minimamente importada por me sentir assim. Aliás, eu gostava de o beijar e gostava ainda mais de sentir vontade de o fazer. Nada normal portanto. Fechei os olhos com um suspirinho, deixando-me ficar a apreciar os seus beijos e assim que o seu sussurro se tornou suficientemente audível para que eu percebesse que me estava a pedir para o beijar, virei a cara na sua direcção, não precisando de me esticar aos seus lábios, uma vez que ele próprio me beijou. Sorri contra a sua boca, levando de imediato as minhas mãos ao seu cabelo e embrenhei os dedos no mesmo, ao mesmo tempo que sentia a minha boca envolver-se mais e mais com a sua. Puxei-o mais para mim, colando os nossos corpos e meio que inconscientemente, rodeei a sua cintura com as minhas pernas.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Luke Way em Sab Ago 30, 2014 12:28 am

Eu sabia que isto era errado, sabia que a partir do momento que ela percebesse quem era eu que se ia sentir... enojada, irritada, que nunca mais me ia querer ver à frente, provavelmente até podia simplesmente sentir o encanto passar, pelo simples facto do mistério se dissipar. Mas... era tão bom. Ela irritava-me quando sabia quem eu era, e deixava-me curioso quando não sabia. As suas posturas eram tão diferentes nas duas situações que me chegava a deixar confuso.
Suspirei contra os seus lábios e foi aí que percebi que estava a deixar-me levar demasiado. Não podia simplesmente apagar as luzes para ela não me ver, isso era egoísta e estúpido. As minhas mãos ainda experimentaram passar pelas suas pernas, mas fiquei simplesmente a olha-la - não posso levar isto mais longe - murmurei baixinho e ainda bem que ela não me conseguia ver porque eu estava extremamente embaraçado por ter dito aquilo quando nem sabia o que ela queria realmente.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Eleanor Spencer em Sab Out 11, 2014 10:49 pm

O problema de se ser como eu era, era que grande parte das pessoas que se tentavam aproximar de mim acabavam rapidamente por se afastar, graças ao meu feitio. Por isso mesmo, poucos eram os rapazes que se metiam comigo, ou melhor, quase nenhuns. Acho que era por isso que tudo isto com Lucas era tão novo e estranho para mim, por nunca me ter sentido como me sentia com ele. De qualquer das formas, não fazia intenção de parar de o ver ou até de o beijar, enquanto nos sentíssemos bem em fazê-lo, não via qual era o problema. Sorri contra os seus lábios, tanto por causa dos seus beijos como por causa dos meus pensamentos e ia aprofundar o nosso beijo ao de leve, depois de sentir as suas mãos deslizarem pelas minhas pernas, assim que ele se afastou. Juntei as sobrancelhas de imediato, começando logo a rever todos os meus movimentos, para perceber se tinha feito algo de mal, mas logo fiquei mais confusa assim que o ouvi falar, dizendo que não podia continuar com aquilo.
- Isto? - perguntei num tom baixo, mais confusa a cada minuto que passava.- porquê? O que é que se passa? - continuei e, ainda que eu tentasse olhá-lo, estava demasiado escuro para isso.- eu fiz alguma coisa de mal, foi isso?
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Luke Way em Sab Out 11, 2014 11:33 pm

Puxei gorro mais para baixo encostando as costas à parede do vagão e baixei o olhar para os meus dedos que percorriam a sua perna. Não estava escuro o suficiente para não ver nada, conseguia-se ver sombras, pelo menos eu conseguia vê-la o suficiente para saber quem era ela. - não - respondi abanando a cabeça - não fizeste nada Ellie. - olhei-a sabendo que não me conseguia ver - mas tu nem me conheces - juntei as sobrancelhas - nós saímos juntos e eu gosto... bastante - assenti - mesmo - continuei para que ela percebesse que eu gostava dela a sério - mas se eu passar por ti de dia tu não me conheces e se eu me mostrar tu vais odiar-me - falei de modo apressado e abanei a cabeça - eu não quero que te arrependas mal saibas quem sou.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Eleanor Spencer em Sex Jan 23, 2015 11:29 pm

Se eu já me sentia confusa por Lucas se ter afastado daquela forma, mais confusa fiquei assim que me assegurou que não o tinha feito por minha causa. Mas o que é que se estava a passar? Juntei ligeiramente as sobrancelhas enquanto o olhava, ou melhor, enquanto olhava para o pouco que se conseguia ver dele e dei-lhe a oportunidade de se explicar, ficando em silêncio quando começou a fazê-lo, levando-me a suspirar mal percebi onde queria chegar.
- É verdade, eu não te conheço.- concordei, assentindo enquanto o fazia.- e então? Isso não me impediu de ir ter contigo todas as noites e querer beijar-te mesmo sem nunca te ter visto cara.- disse, contrariando todas as suas palavras.- acho que se fosse para me arrepender, nem sequer tinha vindo para aqui contigo.- murmurei, acabando por baixar o olhar para as minhas pernas.- agora, não uses isso como desculpa se não quiseres fazer mais do que passear comigo, eu percebo.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Luke Way em Sex Jan 23, 2015 11:47 pm

Acabei por me encostar apenas à parede do vagão velho, sentindo as suas pernas junto das minhas, embora não estivéssemos colados um ao outro. Queria dizer-lhe quem eu era há bastante tempo, mas quem é que ela queria enganar quando dizia que não se ia arrepender? Ela nem sabia que o Lucas era o Luke, aliás, se ela alguma vez tivesse associado os nomes tão semelhantes, tinha sido há demasiado tempo para se lembrar agora. - Podes beijar-me se quiseres - acabei por dizer, alguns minutos depois - mas vai ser como se estivesses cega.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Eleanor Spencer em Sab Jan 24, 2015 12:21 am

Eu percebia onde é que ele queria chegar com tudo isto. Sim, eu não o conhecia, e sim, era bastante arriscado estarmos a envolver-nos quando eu não fazia ideia da pessoa que ele era, pelo menos fisicamente...mas isso não era o mais importante, pois não? Eu gostava da pessoa que ele era quando estava comigo, mesmo sem lhe ver a cara, isso não era suficiente? Pois, pelos vistos não era, pelo menos para ele.
- Eu não te vou beijar se não é isso que queres.- acabei por lhe responder com um encolher de ombros.- aliás, se quiseres posso ir-me embora.- disse, apesar de ser a última coisa que eu queria fazer.- pareces-me mais preocupado com a a minha reacção do que eu.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Luke Way em Sab Jan 24, 2015 12:25 am

Desviei o olhar na sua direção, ainda que mal a conseguisse ver. Pensando bem, eu só a conhecia porque sabia quem ela era, porque quase nunca a olhava diretamente nos olhos. Primeiro, porque estava sempre escuro; segundo, porque se olhasse ela poderia reconhecer-me. Abanei a cabeça com um meio sorriso - eu quero Ellie - saiu num pequeno resmungo - mas nunca vai resultar nada entre nós enquanto eu não me sentir preparado para dizer quem sou. - Mordi o meu lábio inferior - isto é estúpido - admiti, desanimado e deixando-me cair para trás, com demasiada força. - mas não consigo.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Eleanor Spencer em Sab Jan 24, 2015 12:34 am

Apesar de ter sugerido que talvez fosse melhor ir-me embora, não me mexi um único milímetro. Para além de não querer ir, talvez não fosse a melhor das ideias sair daquele contentor sozinha, pelo menos tendo em conta as horas que eram. De qualquer das formas, essa não era a razão principal que me estava a manter ali, mas sim Lucas. Revirei ligeiramente os olhos assim que o ouvi dizer que me queria beijar, por saber que não ia ficar por ali, e tal como eu esperava, ele continuou. E eu é que costumava pensar demais.
- Fazemos assim.- comecei, procurando-o por entre o escuro e começando a aproximar-me dele depois de perceber que se tinha deitado.- vamos aproveitando os nossos dias de mistério para aperfeiçoar a nossa capacidade de beijar, apesar de eu não precisar de melhorar a minha.- brinquei, com uma expressão mais divertida, que ele não via.- e quando te sentires preparado deixas-me conhecer-te por completo.- fiz uma pequena pausa, atrevendo-me a debruçar-me até conseguir roçar os meus lábios nos seus.- o que te parece?
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Luke Way em Sab Jan 24, 2015 12:44 am

Assim que a senti debruçada sobre mim, estiquei os dedos até lhe tocar nas bochechas, explorando a sua pele que não tinha qualquer defeito. Fechei os olhos, já que via o mesmo e sem dizer o que quer que fosse colei os meus braços aos seus, descendo as mãos até ao seu tronco, agarrando-a bem pela cintura. Não podia dizer que a amava ou coisa do género, não era como se a conhecesse assim à tanto tempo, ainda pensava em Ali e nas nossas discussões estúpidas que podiam ser remediadas com um pedido de desculpas. Mas também já estava farto, andar/acabar/andar/acabar tornava-se chato e cada vez que havia um recomeço, apesar de se tentar ser igual ao de antes, nunca poderia vir a ser. Havia sempre a merda que acontecia atrás. No entanto, ela era uma das razões pela qual ainda não tinha deixado cair a máscara, e se me arrependesse? Pelo menos assim, ela não ficava a odiar-me ainda mais.
-Está bem - acabei por responder contra os seus lábios.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Eleanor Spencer em Sab Jan 24, 2015 12:59 am

Eu não estava apaixonada por ele, não me conseguia apaixonar com essa facilidade e rapidez, mas havia algo, que eu ainda não sabia o quê, que me fazia querer estar com ele, que me fazia..como é que eu havia de dizer? Que me fazia sentir atraída por ele, sim, era isso que eu sentia, atracção. Aquele tipo de atracção que me fazia não querer pensar nas consequências de nada e apenas aproveitar. Sorri com os meus próprios pensamentos, sorrindo logo de seguida assim que senti o topo de Lucas em contacto com a minha pele, e ajeitei-me em cima do seu corpo, tentando colocar-me da melhor forma possível, de modo a não ser apenas eu a ficar confortável. Deixei a minha boca continuar perigosamente perto da sua, ficando apenas a roçar os meus lábios enquanto esperava pela sua resposta e, quando isso aconteceu, eu não avancei.
- Esse ''está bem'' foi tudo menos convincente.- resmunguei, mordendo-lhe o lábio inferior, mesmo sem o beijar.- estava à espera de mais entusiasmo depois de uma proposta tão tentadora.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Luke Way em Sab Jan 24, 2015 1:03 am

-Au - queixei-me de forma infantil quando ela me mordeu o lábio inferior e fiz-lhe o mesmo na zona do queixo, ouvindo-a falar comigo a reclamar da minha falta de entusiasmo. - Em vez de mostrar o meu entusiasmo por palavras, posso mostrar-te que quero estar contigo mostrando o meu sítio preferido? - perguntei começando a sentar-me de novo na cama, não a afastando de mim, mantendo o seu corpo junto do meu, observando o brilho dos seus olhos que lhe vinha de frente, talvez por causa da luz da lua.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Eleanor Spencer em Sab Jan 24, 2015 1:08 am

- Oh meu deus, desculpa se te magoei florzinha.- gozei, ao ouvi-lo queixar-se, mas rapidamente me calei, esticando ligeiramente a cabeça para que me largasse o queixo e focando-me logo de seguida no que me dizia, ou melhor, perguntava.- parece-me justo.- apressei-me a dizer, ao mesmo tempo que assentia com um leve sorriso e dei-lhe espaço para que se endireitasse, apesar de não ter saído do seu colo.- mas antes.- interrompi, sendo a minha vez de lhe tocar no queixo, apesar de ser com o meu dedo e não com a minha boca.- quero um beijo.- queixei-me, num tom mimado, como o que ele fizera à pouco.- acho que já estou a perder o jeito.- brinquei.- preciso de relembrar.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vagão Abandonado

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum