Fairchild Orphanage
Bem-vindo(a) ao Fairchild Orphanage!
Inscreve-te e diverte-te porque aqui vais ter muita diversão e bastante drama, tudo o que se quer!
Não te esqueças que todos os teus passos vão ser seguidos ao pormenor pelas gémeas Elaine e Emily portanto, que a diversão comece!
Últimos assuntos
» Vagão Abandonado
Sab Jan 24, 2015 1:27 am por Luke Way

» Jardim
Ter Jul 29, 2014 11:04 pm por Alexis Jameson

» Piscina
Seg Jun 23, 2014 8:30 pm por Emily Moore

» Ruas
Sab Jun 14, 2014 11:16 pm por Eleanor Spencer

» Chloe's House
Sex Jun 13, 2014 8:33 pm por Chloe Grayson

» Jardim Principal
Sab Jun 07, 2014 1:19 pm por Elaine Moore

» Burger King
Sab Jun 07, 2014 1:11 pm por Brian Nyman

» Bar - Pequenos-almoços e Lanches
Qua Jun 04, 2014 8:34 pm por Simon Davies

» Entrada do Orfanato
Sab Maio 17, 2014 8:06 pm por Simon Davies

Parceria
Para fazeres parceria com o nosso fórum preenche aqui
Código:
<a href="http://fairchildorphanage.forumeiros.com.pt///" target="_blank"><img src="http://c3.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/o7101a9d6/15733010_nYvtm.png" border="0"></a>

Ruas

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ruas

Mensagem por Elaine Moore em Qui Set 19, 2013 9:01 pm



Ruas



credits to @AvaEditions
avatar
Elaine Moore
Twins
Twins

Mensagens : 308
Pontos : 401
Data de inscrição : 16/09/2013

Ficha do personagem
Idade: 18
Estado Cívil: Solteiro
Profissão:

Ver perfil do usuário http://fairchildorphanage.forumeiros.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Barbara Walker em Qua Dez 18, 2013 11:30 pm

Não tinha nada para fazer, saí de casa entediada e fui vaguear pelas ruas e ruelas daquela cidade. Eu e a minha gémea já nos tinhamos mudado há algum tempo mas incrivelvemente ainda não me tinha habituado a esta nova cidade.
avatar
Barbara Walker
Moradores
Moradores

Mensagens : 216
Pontos : 244
Data de inscrição : 17/12/2013
Idade : 24
Localização : crazyland

Ficha do personagem
Idade: 20
Estado Cívil: Solteiro
Profissão: Modelo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Luke Way em Sab Abr 19, 2014 1:49 pm

Ri-me da sua pergunta - quer dizer que quero tirar-te daqui sem que o maluco te veja, assim estás a salvo. - não ia dizer que estava preocupado com ela assim tão diretamente. Olhei para as nossas mãos dadas e afastei-a aos poucos, enfiando dentro dos bolsos do casaco. - Demora mais vir por aqui, até chegar à cidade, mas é mais seguro - hoje tinha imenso tempo, só começava a trabalhar mesmo de madrugada e tinha avisado as patroas que ia chegar tarde. - Estás melhor desde ontem? - perguntei relembrando o ataque de pânico.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Eleanor Spencer em Sab Abr 19, 2014 7:05 pm

Sorri, ao perceber que, indirectamente, estava a dar a entender que se preocupava, mas limitei-me apenas a assentir, não dizendo nada. Baixei o olhar para as nossas mãos, quando o senti afastar a sua e, tal como eu, enfiei a minha dentro dos bolsos do casaco, continuando a andar ao seu lado.
- Não faz mal.- disse de imediato, assim que me disse a mim que pelo caminho pelo qual estávamos a ir demorava mais tempo.- eu não me importo de demorar mais tempo, eu nunca gostei muito daquela rua.- fiz uma careta.- não percebo como é que consegues andar sempre lá.- murmurei, olhando-o.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Luke Way em Seg Abr 21, 2014 3:53 pm

Suspirei com a sua resposta, ou melhor, com o seu comentário e encolhi os ombros - eu cresci lá e conheço-a demasiado bem para saber que também não devo gostar daquela rua. - era só droga, bêbados, prostitutas e loucos, como já tinha dado para reparar - mas para ir para o meu trabalho tenho que passar por lá - olhei-a, com cuidado para não mostrar a minha cara, e tentei ver a sua expressão. Não lhe ia dizer onde trabalhava porque, para além de ser demasiado estranho, ela podia ter curiosidade e ir à minha procura.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Eleanor Spencer em Qua Abr 23, 2014 8:58 pm

Fiquei calada enquanto o ouvia falar e aproveitei também para olhar em volta, observando e decorando o caminho por onde íamos. Precisava de não me esquecer dele da próxima vez que quisesse ir até à cidade. Voltei a olhá-lo, assim que terminou de falar.
- Em que é que trabalhas? - não resisti perguntar, mas logo abanei a cabeça ao perceber que estava, muito provavelmente, a meter-me demasiado.- esquece, não tens de dizer.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Luke Way em Dom Abr 27, 2014 12:05 pm

Mordi o interior da bochecha quando ouvi Ellie perguntar-me onde trabalhava e olhei-a, esperando que ela percebesse que não lhe ia responder àquela pergunta sem lhe mentir. Sorri assim que desistir da ideia e encolhi os ombros - também não te ia dizer. - ri-me. Era estranho ela não me associar ao Luke, ela já tinha estado comigo algumas vezes, eu não mudava a minha voz, ela devia ao menos desconfiar de algo.- Então... a tua irmã - olhei-a sem deixar que me visse muito a cara - ela sabe que dás estas saídas noturnas?
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Eleanor Spencer em Dom Abr 27, 2014 5:10 pm

Quando senti o seu olhar posto em mim, nem precisei de esperar até o ouvir dizer que não me ia dizer onde trabalhava, para saber que não o ia fazer. Eu não queria meter-me demasiado na vida dele, também não gostava que fizessem isso comigo. Limitei-me a continuar a andar ao seu lado, apertando mais o meu casaco quando uma pequena brisa me trespassou pelo rosto e só o voltei a olhar, parcialmente, quando me perguntou pela minha irmã.
- Não.- abanei a cabeça, encolhendo os ombros logo de seguida.- eu não lhe digo nada para não a preocupar.- murmurei.- até porque, tu não a conheces..- ri-me baixinho.- se ela descobrisse que ando por aí a passear à noite, ela não ia descansar até me convencer a trazê-la comigo.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Luke Way em Dom Abr 27, 2014 10:45 pm

Ri-me com o que contou da sua irmã. Já a conhecia minimamente e sabia que ela era uma menina muito persistente. - Então nunca lhe contes, ela é demasiado nova para estar por estes lados - encolhi os ombros olhando em volta, e percebi que havia uma vila cheia de luz. Engoli em seco ajeitando o meu capuz e olhei-a por baixo dele - eu não tenho nenhuns irmãos, pelo menos que conheça... - não tinha família nenhuma, mas pronto, estávamos apenas a falar daquele membro da família - mas gostava de ter.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Eleanor Spencer em Qua Abr 30, 2014 10:09 pm

Desviei o olhar para ele, assim que ouvi o som da sua gargalhada e não consegui não sorrir ao de leve, mordiscando o meu lábio inferior enquanto o fazia. Tudo nele me agradava, mesmo não o conhecendo, nem sabendo como era o seu aspecto, toda esta coisa do mistério lhe dava ainda mais piada. E eu podia estar a ser muito estúpida em baixar as defesas desta forma, mas algo me dizia que podia confiar nele.
- Não te preocupes, eu não lhe vou contar.- gargalhei baixinho.- prefiro mil vezes saber que ela está a dormir, mesmo que aquele orfanato também não seja muito seguro.- encolhi os ombros.- de certeza de que é muito mais do que esta cidade de noite.- fiz uma pequena careta, piscando os olhos quando ficou demasiada claridade de repente e voltei a olhá-lo, vendo-o esconder-se. Sorri, esticando uma mão para ele, mas limitei-me apenas a dar-lhe um toquezinho no braço.- não te preocupes, eu não quero saber quem és, por enquanto.- disse, ao mesmo tempo que que o ouvia dizer-me que também gostava de ter irmãos e assenti.- vives com os teus pais?
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Luke Way em Qua Abr 30, 2014 10:56 pm

-Porque é que dizes que o orfanato não é seguro? - perguntei olhando-a apenas de lado, visto que a luz incidia sobre o meu corpo e podia fazer com que me reconhecesse. - Não gostas de ninguém em especial? - claro que queria saber isto para que ela falasse sobre mim, ou melhor, para saber se ela não gostava mesmo de mim ou se era só para embirrar. Agarrei na sua mão para cortarmos na direção de uma rua que ficava do outro lado, para depois a largar, não queria que ela pensasse que eu era algum perseguidor que já me estava a atirar a ela. Até porque, sendo eu Luke, ainda não tinha esquecido Ali, que tinha acabado comigo por uma coisa sem jeito nenhum. Tinha sido apenas uma desculpa do que ela já queria fazer há muito tempo, era a esta conclusão a que chegava.
Senti o meu coração apertar-se quando a ouvi falar nos meus pais. Sim, eles andavam algures por aí, eu reconhecia-os se os visse mas, como normalmente me escondia deles, não sabia se eles me reconheciam a mim - não - murmurei - não tenho pais - clareei a garganta. Não era mentira.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Eleanor Spencer em Qua Abr 30, 2014 11:06 pm

Fiz uma pequena careta assim que me perguntou porque é que dizia que o orfanato não era seguro e olhei-o, ou melhor, olhei para o seu capuz.
- Não sei, nada naquele orfanato me inspira confiança.- encolhi os ombros.- se eu pudesse nem sequer ali estava.- suspirei.- mas só ainda não fugi por causa da minha irmã.- encolhi os ombros.- eu sei que não vou conseguir arranjar condições para as duas se viermos viver para a rua, por isso, à falta de melhor, acho que vamos continuar por ali durante mais uns tempos.- respondi-lhe, acabando por enfiar também o capuz do meu casaco e voltei a fazer uma outra careta com a sua pergunta, visto que me lembrei automaticamente de Luke.- existe um rapaz com o qual não me dou.- murmurei.- digamos que não começámos lá muito bem.- encolhi os ombros.- eu não tenho um feitio fácil e confesso que, ao início fui demasiado estúpida com ele.- coloquei uma pequena mecha de cabelo atrás da orelha.- mas ele também não é flor que se cheire.- resmunguei.- ainda ontem o tentei ajudar a ele em vez de apreciar isso foi estúpido como tudo.- revirei os olhos.- mas de resto também não conheço mais ninguém.- baixei ligeiramente o olhar para os meus pés.- não sou muito boa a fazer amigos.- completei, sentindo-o agarrar na minha mão de novo e deixei apenas que o fizesse, limitando-me a segui-lo para onde quer que estivéssemos a ir. Endireitei-me, olhando em volta, mas tive de o voltar a olhar assim que o ouvi dizer que não tinha pais.- oh.- suspirei, mordiscando o meu lábio inferior.- desculpa, eu não..desculpa.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Luke Way em Qua Abr 30, 2014 11:56 pm

-Tens razão, se fosse seguro nunca ias conseguir sair de lá com a facilidade que sais - não estava a apontar defeitos à diretora do orfanato, até porque a senhora não tinha culpa, a culpa era dos seguranças que gostavam mais de se escapulir do trabalho para ir para outros sítios. Já tinha ouvido um dizer que não era preciso fazer nada ali porque os miúdos nunca iriam sair a tal hora da noite. Não devia ter filhos. Sorri levemente quando a ouvi responder-me à porta e mordi o lábio para não me começar a rir - ai é? - perguntei tentando parecer normal - então, se calhar nunca ninguém o ajudou antes - passei uma mão pelo meu braço, que doía por causa da minha teimosa de não ter deixado que ela cuidasse de mim. Desviei o olhar para ela quando me pediu desculpa e abanei a cabeça - não faz mal, não tenho pena.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Eleanor Spencer em Seg Maio 05, 2014 9:47 pm

- Se virmos as coisas por esse lado, fico contente por a segurança não ser tão restrita.- encolhi os ombros, olhando em volta. Se os seguranças nos controlassem, coisa que não faziam de todo, eu nunca teria tido hipótese de escapulir daquele orfanato e, muito menos, de o conhecer. E sim, por alguma razão, eu estava grata por isso. Desviei de novo o meu olhar para ele, quando falou de Luke e fiz uma pequena careta, encolhendo os ombros de seguida.- ele tinha uma namorada qualquer.- disse.- acho que ele é mesmo estúpido de nascença.- resmunguei, colocando uma mecha de cabelo atrás da orelha e senti-me ficar ligeiramente surpreendida ao ouvi-lo dizer que não tinha pena de não ter pais.- não tens pena? - repeti.- isso não é possível.- abanei a cabeça.- todos nós precisamos de alguém que cuide de nós.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Luke Way em Seg Maio 05, 2014 10:05 pm

-Estás contente por me conhecer, é? - perguntei com um sorriso, que ela não conseguia ver, mas esperava que conseguisse perceber pelo meu silêncio. Olhei-a quando estava escuro demais para ela perceber quem eu era e ri-me quando falou de novo de mim, apesar de não saber que era eu - Tinha? - perguntei mais tarde, suspirando baixinho, mas tão baixo que ela não conseguiu perceber, espero eu - porquê? achas que não voltam mais? - nem queria pensar muito em Ali, tinha sido muito estúpido e... Abanei a cabeça voltando a esconder a cara.
Cerrei o maxilar ao lembrar-me da expressão dos meus pais quando me venderam, literalmente, para os outros - eu não - murmurei - quem tem pais como aqueles mais vale... nem sei.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Eleanor Spencer em Seg Maio 05, 2014 10:21 pm

Virei a cara de repente para ele, assim que ouvi o seu tom e a sua pergunta e quase que podia jurar que estava a sorrir. Sorri também, mordiscando o meu lábio inferior e tentei não me rir para poder falar.
- Não sei, o que é que achas? - dirigi-lhe um sorriso espertinho, mas logo fiquei mais séria quando voltámos ao assunto Luke.- não sei.- encolhi os ombros.- nem me interessa muito.- disse com desinteresse, enfiando as mão dentro dos bolsos do casaco e continuei a andar ao seu lado, sentindo-me arrepiar quando voltou a soprar uma brisa. Encolhi-me ligeiramente, olhando em volta para tentar descobrir onde estávamos mas uma vez que eu pouco conhecia daquela cidade, foi-me impossível. Voltei a concentrar-me na nossa conversa, sentindo-me ficar ainda mais confusa com o que disse.- eles fizeram-te mal? - perguntei baixinho.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Luke Way em Seg Maio 05, 2014 10:42 pm

-Acho que estás a ficar louca por mim porque não sabes quem eu sou nem como sou - disse com aquele sorriso que ela não via. Assenti às suas respostas, não insistindo mais no assunto do "Luke", que era eu e olhei em volta - estás a tomar atenção ao caminho não estás? - perguntei tentando esquivar-me a mais uma pergunta dos meus pais, mas não consegui. Mordi o interior da bochecha e olhei-a, distraindo-me, visto que houve um rasto de luz que deixou ver parte da minha cara, apenas por uns segundos. Desviei de imediato a cara, até porque não queria lembrar-me do que tinha acontecido - eles venderam-me - murmurei. - literalmente.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Eleanor Spencer em Sex Maio 09, 2014 10:03 pm

- Louca por ti? Eu? - apontei com um dedo para mim, assim que o ouvi insinuar que sim, que estava louca por ele e revirei ligeiramente os olhos com um sorriso, apesar de não saber se ele me via.- não fiques todo convencido só porque sabes quem eu sou e eu não.- apontei desta vez um dedo para ele.- não é justo.- terminei, olhando depois em volta quando o ouvi perguntar-me se estava a tomar atenção ao caminho.- claro que não.- ironizei.- o que mais quero da próxima vez é perder-me.- dei-lhe um leve empurrão, para que percebesse que estava a brincar, no preciso momento em que a rua ficou mais iluminada do que seria de esperar. Levantei ligeiramente as sobrancelhas, não resistindo em olhá-lo de relance, mas não me serviu de nada, visto que ele se tapou rapidamente. Suspirei baixinho, endireitando-me logo de seguida, mas rapidamente esqueci a minha tentativa falhada assim que o ouvi falar dos pais, dizendo-me que o tinham vendido.- o quê? - perguntei baixinho, desviando o meu olhar para ele de repente.- porque é que eles fizeram isso? - mordi a parte de dentro da minha bochecha com força.- como é que eles foram capazes?
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Luke Way em Sab Maio 10, 2014 5:18 pm

-Sim, tu - voltei a dizer com um sorriso. Tinha que admitir, era bom estar com ela sem que soubesse quem eu era, pelo menos nunca resmungava comigo e era mais simpática. Abri a boca para lhe dizer que talvez ela soubesse quem eu era, mas calei-me. Não lhe podia dar essa indicação, ela era curiosa e podia começar a suspeitar de algo. Por exemplo, a minha voz. Ri-me quando ela me empurrou, tapando depois a cara, chegando mesmo a vira-la noutra direção, para que fosse impossível reconhecer-me. Caminhei em silêncio até a luminosidade voltar a diminuir e respirei fundo face ao seu espanto, encolhendo os ombros - precisavam de dinheiro. - respondi.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Eleanor Spencer em Dom Maio 18, 2014 8:41 pm

- Se eu fosse a ti não tinha assim tantas certezas.- provoquei-o com um sorriso, continuando sempre a andar ao seu lado e foi impossível não soltar um pequeno suspiro quando o vi virar-me a cara.- eu já te disse que não vou olhar, não já? - resmunguei.- posso ter curiosidade, mas ainda cumpro com as minhas promessas.- disse-lhe, descontraindo quando a luminosidade diminuiu, por assim ser mais fácil não cair na tentação e voltei a enfiar as mãos nos bolsos, ouvindo-o dizer-me que os pais precisavam de dinheiro.- isso não é desculpa.- murmurei.- eles eram teus pais.- deixei escapar, mas logo me arrependi, abanando a cabeça.- desculpa, eu não quero meter-me.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Luke Way em Ter Maio 20, 2014 5:57 pm

-É força do hábito - desculpei-me - e podes olhar sem querer - encolhi os ombros - prefiro ter cuidado - disse com o olhar fixo no chão até a claridade diminuir de intensidade. Suspirei quando voltamos a falar dos meus pais - não interessa, já estou habituado a pensar que não tenho pais, não quero saber mais deles para nada, já bastou quando era criança - encolhi os ombros com uma careta enojada só de pensar em voltar a falar para eles - A cidade é já ali, não sei onde é que queres ir - parei apontando para os prédios e para o centro da cidade que ficava mesmo ali perto -
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Eleanor Spencer em Dom Maio 25, 2014 7:12 pm

- Um dia eu vou saber quem és.- disse decidida, assentindo com a cabeça a mim própria.- e nesse dia tu vais arrepender-te de me teres feito esperar tanto.- resmunguei baixinho, apesar de não estar verdadeiramente chateada e assim que voltámos a falar dos seus pais, depois de ter ouvido a sua resposta, eu decidi não insistir mais naquele assunto. Já tinha percebido que não era uma coisa sobre a qual gostasse de falar, como era óbvio, por isso, não ia insistir mais. Limitei-me a assentir ao que disse, continuando a andar ao seu lado e quando apontou em frente, eu olhei para as luzes da cidade com um pequeno suspiro.- não tenho destino.- respondi à sua pergunta.- só quero passear.- encolhi os ombros.- qualquer sítio é melhor do que aquele orfanato.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Luke Way em Seg Maio 26, 2014 8:07 pm

Ri-me das suas palavras e imaginei para mim como seria a sua reação se mostrasse quem era ali mesmo - não vais gostar de ver - disse de braços cruzados por causa do vento que vinha diretamente na nossa direcção. Levantei as sobrancelhas quando me disse que não tinha destino e olhei-a, não tendo medo de o fazer, por estar tão escuro. - então e vais andar simplesmente por aí a passear? - perguntei com um sorriso que ela não conseguia ver - porque eu tenho que ir trabalhar e deixar-te aqui no meio não me parece opção. - disse quando olhei para as horas. Ainda tinha um tempinho mas quando estivesse a voltar tinha que ir a correr.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Eleanor Spencer em Sex Maio 30, 2014 10:07 pm

Assim que o ouvi afirmar com tantas certezas que eu não ia gostar de saber quem ele era, não consegui não o olhar, apesar de saber que, por estar tão escuro, não o ia conseguir ver.
- Como é que podes ter tantas certezas disso? - perguntei, com uma pequena careta.- eu não te conheço, não podes saber se vou ou não gostar de saber quem és.- abanei a cabeça.- mas eu logo te digo quando descobrir.- pisquei-lhe o olho, sem saber se ele ia ver ou não e continuei a andar ao seu lado, tendo de o olhar de novo quando me pareceu que ele estava preocupado comigo.- sim, vou só passear.- assenti.- mas se estás assim tão preocupado, podes vir comigo enquanto não tiveres de trabalhar.- encolhi os ombros.- ou então eu vou sozinha, de certeza que não me vai acontecer nada.
avatar
Eleanor Spencer
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 92
Pontos : 94
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Luke Way em Sex Maio 30, 2014 10:38 pm

Sorri enquanto olhava para o chão - é como tu dizes, não sou uma pessoa que seja agradável à vista - era óbvio que estava a gozar com ela, por me dizer tantas vezes que não era giro e praticamente me chamar de convencido. Olhei em volta encolhendo os ombros - eu faço-te companhia, até serem horas - coloquei as mãos nos bolsos do casaco.

Dois dias depois
Estava, ou pelo menos sentia-me mais próximo de Ellie, não tinha sido nada pensado, mas quando dava por mim, no final da noite, combinava sempre com ela encontrar-me com ela. Acho que me fazia bem, visto que Ali só me sabia ignorar e, quando não ignorava, acusava-me de a estar a trair. Claro, eu a traí-la. Hoje não tinha sido um bom dia para combinar encontrar-me com Eleanor, tinha combinado o mesmo sítio de sempre, mas hoje aquilo estava cheio de polícias. O homem maluco tinha voltado a atacar e eu começava a recear ser a próxima vitima. Não queria pô-la em perigo por minha causa, mas agora não podia simplesmente desmarcar, assim que a encontrasse ia leva-la para bem longe, até porque era o meu dia de folga, tinha a noite toda.
avatar
Luke Way
Orfanato
Orfanato

Mensagens : 94
Pontos : 96
Data de inscrição : 17/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum